Com o desenvolvimento da piscicultura na região do lago, cerca de 35 mil famílias serão beneficiadas

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, esteve em Tucuruí nesta sexta-feira (9), para anunciar a liberação de R$ 2 milhões para a execução de obras de prevenção e pavimentação de ruas na cidade. Acompanhado do prefeito Bena Navegantes, diversos deputados da bancada paraense e autoridades locais, foi assinado o Protocolo de Intenção para implantação do Distrito Industrial de Aquicultura de Tucuruí.

Com a assinatura do documento, Tucuruí poderá se tornar referência na produção de pescado na região do Lago e no Norte do País.

A cerimônia aconteceu no ginásio poliesportivo Ismaelino Pontes. O ministro assinou ainda a Ordem de Serviços para a construção de pontes no município. Com investimentos na ordem de R$ 1,8 milhão serão construídas as pontes nas ruas Tancredo Neves e Deodoro de Mendonça e as duas no Cais da cidade.

O ministro Helder Barbalho falou da importância da implantação do distrito para reaquecer as economias dos municípios da região. A ideia é criar um novo ciclo de desenvolvimento de Tucuruí para dar oportunidade de emprego para milhares de pessoas em sete municípios. “Queremos garantir que essa população possa ter garantias futuras de emprego e renda. Tucuruí e a região poderão ter um novo ciclo econômico e assim se desenvolver mais ainda”, disse o ministro reiterando o compromisso de trabalhar pela região.

O Prefeito Bena Navegantes em seu discurso enfatizou que o projeto de piscicultura de Tucuruí será retomado pela atual gestão e por meio de parcerias, o projeto vai se tornar realidade. “A nossa intenção é garantir toda a estrutura necessária para o aproveitamento e beneficiamento do pescado do Lago de Tucuruí. Queremos implantar toda a cadeia produtiva do pescado com laboratório de alevinos, criação em tanque-rede, em tanque escavado, fábrica de ração, frigorífico onde o peixe será filetado, fábrica de gelo, caminhão frigorífico e toda a estrutura necessária para consolidar Tucuruí e a região como importante polo piscicultor na região Norte”, explica o prefeito.

Quando entrar em atividade, o distrito piscicultor fará com que Tucuruí faça parte da rota dos municípios com grande potencial de produção de pescado, trazendo mais geração de emprego e renda. Os investimentos para a implantação de obras e serviços em Tucuruí são na ordem de R$ 9,2 milhões.

Com o desenvolvimento da piscicultura na região do lago, cerca de 35 mil famílias serão beneficiadas pelo projeto, encabeçado pela Prefeitura de Tucuruí. Quando instalado, o polo vai beneficiar os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna, Itupiranga e Novo Repartimento.

Por Denis Aragão|Fotos Rafael de Souza|Aldeney Moraes