Com o objetivo de selecionar as primeiras famílias que poderão ocupar definitivamente suas casas no residencial Cristo Vive, a Prefeitura de Tucuruí, em conjunto com a Justiça Federal realizou nesta quarta-feira (24) o chamado de 458 pessoas que vão receber em definitivo as suas casas em 30 de novembro. O evento reuniu os moradores selecionados, autoridades e lideranças comunitárias no Ginásio Poliesportivo.

Conforme Cícero Samuel, o Baiano, vice-presidente do Cristo Vive, explica que essas pessoas chamadas na lista produzida pela Justiça Federal em conjunto com a Secretaria de Assistência Social e a Associação de Moradores, estão dentro dos critérios do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Essas pessoas já compunham a ocupação desde 2014 agora estão aptas a receberem a documentação necessária para poderem enfim tomar posse em definitivo e dentro da lei da tão sonhada casa própria.

Conforme Adriano Nava, técnico social do Programa Minha Casa, Minha Vida, ligado a Secretaria de Assistência Social, esses selecionados devem receber as suas casas já no mês de novembro, podendo passar a morar no local.

Adriano explica que a Secretaria de Assistência Social continua os trabalhos de levantamento social das famílias do Cristo Vivo.

Fábio Silva, presidente Associação de Moradores do Cristo Vive, fala que as 1 mil famílias cadastradas e adequadas ao programa de moradia do Governo Federal poderão pagar em 10 anos o imóvel, orçados em R$ 18 mil. “A Prefeitura tem sido essencial para que esta seleção das famílias acontecesse. Além do levantamento, a Prefeitura também apoiou e ajudou os moradores nas viagens para discussões em Brasília, por exemplo. Tudo isso termina com essas famílias realizando seus sonhos em ter suas moradias”, declara

O Prefeito Artur Brito, participou da cerimônia e lembrou que o governo e as autoridades do município não tem medido esforços para resolver o problema. Com essa resolução, Tucuruí poderá voltar a receber investimentos da União direcionados a moradia e habitação. ”Estou muito feliz em poder participar do chamado das 458 pessoas que vão receber em definitivo as suas casas do residencial Cristo Vive. Estas são as primeiras contempladas e foram selecionadas pelos critérios do Programa Minha Casa, Minha Vida. Quero parabenizar ainda todos os colaboradores da Justiça Federal, da Prefeitura de Tucuruí, por meio da Secretaria de Assistência Social, e da Associação de Moradores do Cristo Vive, que estão trabalhando incansavelmente para fazer valer a realização do sonho da casa própria. Estamos juntos nesta luta com muito orgulho”.