Ações de prevenção e atendimento são direcionadas para cerca de 500 famílias que anualmente são atingidas pela elevação das águas do Rio Tocantins (Fotos Nilton César)

Estrutura dos abrigos no Parque de exposições, transporte para a remoção dos atingidos e segurança para as famílias são algumas das ações emergenciais que estão sendo tomadas pela Prefeitura de Tucuruí

 

As ações para a evacuação aos atingidos pela enchente do rio Tocantins em Tucuruí foram iniciadas nesta quinta-feira (22) pela Defesa Civil do município. As equipes do órgão estão monitorando o nível do rio e visitando as áreas de maior risco de cheia. 30 famílias já foram atingidas pela cheia em Tucuruí, cerca de 120 pessoas, que estão alojadas no Parque de Exposições de Tucuruí e estão recebendo apoio do município, desde a remoção até as instalações e infraestrutura.

 

Nédia Amorim, coordenadora da Defesa Civil observa que desde sábado o órgão monitora o nível do rio e já nas primeiras horas de hoje iniciaram os trabalhos de evacuação das áreas alagadas.

 

A coordenadora lembrou que desde 17 de março, a Defesa Civil está alerta para a possível enchente. “Nos próximos dias, todas as ações para resguardar pessoas e seus pertences serão realizadas pela prefeitura por meio de uma equipe de acompanhamento. Ninguém ficará sem atendimento”, disse a coordenadora.

 

Até a tarde desta segunda-feira, já haviam sido remanejadas para os abrigos, 30 famílias impactadas pela cheia.

 

Estrutura dos abrigos no Parque de exposições, o transporte para a remoção das famílias atingidas, apoio aos desabrigados e a segurança no local em que permanecerão abrigadas as famílias são algumas das ações emergenciais que já foram tomadas pelas autoridades locais.

 

O nível do rio Tocantins está hoje em 11,49 metros e a previsão é atingir 12,10 metros até a próxima quinta-feira (29). Cerca de 120 pessoas estão alojadas no Parque de Exposições de Tucuruí e a Prefeitura está dando apoio, desde a remoção até as instalações e infraestrutura, contudo, muitas famílias insistem em não sair de suas casas.

 

Defesa Civil já iniciou os trabalhos de limpeza da área onde estão sendo construídos os abrigos provisórios. A previsão é que o Tocantins atinja 11,86 metros já nesta terça-feira (27) o que vai acarretar no remanejamento de mais pessoas, principalmente do bairro Matinha.

 

As ações de prevenção e atendimento são direcionadas para cerca de 500 famílias que anualmente são atingidas pela elevação das águas do Rio Tocantins.