Para quebrar a barreira do preconceito da saúde mental, uma grande caminhada percorreu as ruas da cidade até na praça do Rotary

Com o tema “Embalando a loucura na rede comunitária de saúde mental – a parada da loucura”, colaboradores e pacientes atendidos pelo Centro de Atenção Psicossocial Casa Machado de Assis (CAPS), foram às ruas na manhã desta sexta-feira (18) para chamar a atenção e conscientizar a população quanto a luta antimanicomial em Tucuruí.

Para quebrar a barreira do preconceito da saúde mental, uma grande caminhada alusiva ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial percorreu as ruas da cidade até na praça do Rotary. Sociedade civil, profissionais e acadêmicos da saúde participaram do evento que é uma realização da Prefeitura de Tucuruí, por meio da Secretaria de Saúde.

De acordo com o secretário de Saúde do município, Fábio Ulisses, Tucuruí tem mantido ativo os trabalhos do CAPS, priorizando a integração e interação entre os serviços de rede de Atenção em Saúde Mental, Atenção Básica em Saúde, Atenção de Urgência e Emergência e de Reabilitação Psicossocial. Com essa integração, o município tem superado a barreira do preconceito que atinge as famílias e os portadores de transtornos mentais.

O Centro de Atenção Psicossocial Casa Machado de Assis oferece um serviço comunitário, tendo por objetivo oferecer atendimento as pessoas com sofrimento psíquico, além de fomentar o fortalecimento de cuidado em saúde mental nos demais pontos da rede de saúde

O atendimento ao usuário e realizado a partir da proposta do Ministério da Saúde “porta aberta”, com a finalidade de minimizar as barreiras de acesso. Neste sentido o usuário é acolhido por demanda espontânea ou referenciada. Após ser realizado esse acolhimento o paciente passa por uma triagem e é encaminhado a consulta psiquiátrica e psicológica.

Estas atividades do grupo de atendimento individual e familiar ocorrem semanalmente com terapia comunitária às quartas e familiar às quintas-feiras, explica a coordenadora de Saúde Mental Psicóloga, Elainy Santos.

Na próxima quarta-feira (23), a Secretaria de Saúde promoverá a “Parada da Loucura”, na praça do Jardim Paraiso, às 8h, onde será ofertado para a comunidade, terapia comunitária e um “adesivaço” em carros e motos. O evento contara com a presença de médicos psiquiatras, psicólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, assistentes sócias e acadêmicos.

Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Tucuruí