Para ouvir as demandas e resolver os problemas das comunidades que tanto precisam dos serviços públicos, o Prefeito Artur Brito e membros do Departamento de Relações Comunitárias, reuniram nesta sexta-feira (20) com representantes de 35 associações urbanas e rurais de Tucuruí além de representantes de associações e entidades de classe. O Prefeito reuniu ainda com os proprietários de bares e casas de shows para definirem como os patrulhões de segurança farão a fiscalização.

Conforme explicou o Prefeito Artur Brito, o objetivo é estabelecer o diálogo e estreitar o contato com os representantes dos bairros para definir as ações e serviços que poderão ser feitos nesse momento difícil que o município passa. “O apoio dos presidentes de bairros e associações é importante para podermos planejar e executar, de forma estratégica, todas as ações futuras para atendermos da melhor forma as comunidades”.

Walber Bechara, presidente da Associação de Moradores da Cohab, falou que a reunião é importante para que o governo ouça as reivindicações e necessidades das comunidades. Serviços como asfaltamento de ruas, limpeza e coleta de lixo, obras e demais serviços essenciais como a conclusão da Unidade de Saúde do bairro, que já está em fase final de construção.

A equipe  do Departamento de Relações Comunitárias está à disposição das associações para manter à  proximidade tão necessária entre a gestão e a comunidade.

Segurança

Com os proprietários de bares e casas de shows, o Prefeito Artur Brito tratou sobre como os patrulhões de segurança farão a fiscalização. “A ideia é contribuir para que esses estabelecimentos possam se regularizar. Vamos flexibilizar os horários para que todos possam se divertir de forma ordeira e responsável. A Prefeitura precisa fomentar o aquecimento da economia, mas é preciso que os proprietários façam sua parte e se regularizem. Assim, vamos resolver esse impasse”, disse o Prefeito.

O Major Augusto, Subcomandante do 23 Batalhão de Polícia Militar, disse que a lei deve ser cumprida, mas a PM está sensível a situação de irregularidade de boa parte dos locais de shows e similares. “Um dos problemas é a venda de bebida alcoólica para menores de idade. Isso é crime e vamos combater. É preciso que os proprietários tenham essa consciência e passem a atuar dentro da lei”, disse o Major.

Romel Souza, diretor geral da 15 Zpol de Tucuruí, disse que a sociedade despertou para a regularização das festas e a venda de bebidas na cidade. Pata ele, as discussões são relevantes é importante resolver o problema, já que as festas geram emprego e renda para muitos. “Contudo, temos de lembrar que as festas também prejudicam muitas pessoas que têm direito ao sossego e a ordem. É preciso atender a todos. As discussões são importantes para podermos chegar ao denominador comum”, avaliou o diretor.

Batista Camargo, presidente da Associação de Promotores de Eventos, explicou que a partir de agora, uma comissão de associados discutirá a adequação de todos às leis vigentes para que os proprietários possam manter seus estabelecimentos dentro da legalidade. “Provocamos essa reunião e fomos atendidos. Vamos atuar para regularizar todos os interessados”, garantiu o presidente da Associação.

Assessoria de comunicação | Prefeitura de Tucuruí