Câmeras de vigilância serão operadas durante 24 horas pelo Centro de Monitoramento, instalado na sede do 13º BPM de Tucuruí

Equipamentos serão espalhados pelos principais pontos da cidade. Sistema vai ajudar na prevenção de acidentes e coibir assaltos.

O município de Tucuruí vai investir no videomonitoramento em pontos estratégicos para tentar combater o crime e nesta quinta-feira (11) técnicos realizaram a instalação das primeiras câmeras do sistema na avenida Raimundo Veridiano Cardoso. As câmeras de monitoramento agora serão testadas como piloto no acompanhamento monitorado e nos próximos dias a empresa deverá expandir a instalação das câmeras em outros pontos da cidade.

No total serão instaladas 50 câmeras em diversos pontos da cidade, visando a dar maior sensação de segurança e a tranquilidade aos moradores da cidade. A câmeras são de última geração e geram imagens em infravermelhos. Com a instalação do sistema,Tucuruí será um dos poucos municípios do Pará a contar com uma Central de Monitoramento de última geração para auxiliar o combate ao crime.

O monitoramento é uma iniciativa da Prefeitura de Tucuruí em parceria com o Ministério Público Estadual e as Polícias Civil e Militar.

Conforme Pedro Paulo Barata, secretário de Apoio à Segurança Pública, a Prefeitura de Tucuruí, iniciou os trabalhos de instalação e testes das câmeras de monitoramento de segurança pública para coibir ainda mais as ações de bandidos.

De acordo com o secretário, o investimento é em qualidade de vida por meio da segurança pública. O sistema vai ajudar na prevenção de acidentes e coibir assaltos.

Recentemente, o prefeito Bena Navegantes esteve em Belém conversando com o Comande Geral da Policia Militar para que seja finalizado o convenio e definido os papéis dos agentes de segurança. Uma Central de Monitoramento será instalada dentro do quartel do 13º Batalhão de Polícia Militar de Tucurui.

A instalação das câmeras ainda está em fase de contratação da empresa por meio licitação. O valor global do investimento ainda não foi definido mas o projeto prevê que os equipamentos serão espalhados pelas principais ruas e avenidas da cidade. Com a iniciativa, a Prefeitura espera que o sistema contribua para a diminuição da criminalidade no município.

Por Denis Aragão | Reportagem Matheus Vale | Fotos Aldeney Moraes