O implante é inserido debaixo da pele e por 3 anos vai liberar na corrente sanguínea as doses necessárias de hormônio para inibir a ovulação

A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, realizou no último dia 2, a implantação do método contraceptivo revolucionário, Implanon, que é um implante subdérmico anticoncepcional.  Esta é a primeira vez que pacientes do município são submetidas ao método. O teste piloto aconteceu no Hospital Municipal de Tucuruí e o governo do Estado disponibilizou 30 unidades. Em breve, o município receberá mais unidades e o contraceptivo será disponibilizado para todas as mulheres que optarem pelo o método e que atendam aos pré-requisitos.

Segundo Suziane Giroux, da coordenação da Saúde da Mulher, a ideia com a utilização do método contraceptivo é ter um melhor controle da natalidade e melhorar a saúde da mulher no município.

O implante é inserido debaixo da pele, na região do braço, e por 3 anos vai liberar diariamente na corrente sanguínea das mulheres as doses necessárias de hormônio para inibir a ovulação, evitando, assim a gravidez.

Adriando Melo, secretário municipal de Saúde, explica que a ação em parceria com o governo do Estado é um plano piloto que deve ser ampliado gradualmente. ”O método é mais indicado para mulheres que buscam um contraceptivo fácil de usar e não desejam engravidar tão cedo, para planejar com segurança os intervalos entre os nascimentos dos filhos, para dar prioridade à carreira ou para quem esteja considerando a hipótese de esterilização”, explica o secretário.

Leide Gonçalves, uma das pacientes que receberam o implante, é maravilhoso saber que município está disponibilizando o método anticoncepcional.  “Além de ser um método extremamente eficaz, você se sente muito mais livre, não precisando mais lembrar a hora de tomar a pílula”, avalia a paciente.

O médico especialista em endocrinologia, Roberto Borges, explica que o implante é uma injeção intramuscular, de infusão contínua com eficácia de até 3 anos. Dispositivo pode se retirado a qualquer momento por um médico. “Assim como sua aplicação, a remoção é feita de forma simples e rápida. Dentre alguns benefícios, estão a redução e até ausência total da menstruação. A TPM tende a apresentar uma importante redução também”, explica.

Matheus Vale – Reportagem

Denis Aragão – Redação final