ruas de Tucuruí na manhã do último domingo, dia 20, durante o Círio Mirim. Foi a penúltima programação da quadra nazarena, que este ano teve como tema do Círio ” Maria, Mãe das Comunidades Cristãs” e contou com o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Tucuruí.
Dados do Corpo de Bombeiros dão conta de que quase mil pessoas participaram da romaria, que começou logo depois da missa de abertura do evento, em frente à Paróquia Menino Jesus, localizada no bairro da Cohab.
O Círio Mirim já acontece há sei anos em Tucuruí e tem a mesma motivação do que acontece em Belém desde 1990, ou seja, há 29 anos. Este ano, a secretaria de Assistência Social, por meio da coordenação das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI) realizou uma ação com entrega de panfletos informativos, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de cuidar da infância das crianças, que na infância precisam estudar, ser divertir, e serem moldadas com princípios e valores que as tornem cidadãos do bem.
Profissionais da assistência também realizaram a distribuição de águas aos participantes da procissão.
“A realização do Círio Mirim para nós é uma grande emoção e todos os anos o número de participantes só vem aumentando. Esperamos que os pais se conscientizem e tragam as suas crianças para participarem, para puxarem a corda da Berlinda”, disse Socorro Oliveira, 40 anos, e umas das cuidadoras da Igreja Menino Jesus, onde atua ativamente nas festividades há oito anos.
A missa foi presidida pelo Pe. João Bonifácio, pároco da Paróquia São José, e concelebrada pelos padres da Área Episcopal São Paulo, entre eles Pe Edielson, Pe Adauto, Crispin e Thimóteo. Logo em seguida, or volta das 9 horas da manhã, os pequenos fiéis, acompanhados de pais, tios, irmãos, avôs e avós, seguiram em uma caminhada cheia de fé e devoção à Nossa Senhora de Nazaré. O destino era o bairro Paravoá, onde fica a Igreja de Nazaré, local que recebe a imagem todos os anos.
Mesmo com um sol intenso as crianças não desanimaram e seguiram até o destino final, que contou com a boa vontade de diversos grupos que incansavelmente distribuíam águas e lanches a todos os peregrinos. Durante o percurso, cantos e devoção tomaram conta das ruas do município. Os mais novos puderam ir ao carro dos anjinhos e os bebês tiveram o colo dos seus responsáveis para total conforto, enquanto as crianças de 8 a 14 anos foram no chão, recebendo total apoio dos mais velhos.
Íris Lima, 50 anos, autônoma e moradora do bairro Bela Vista, falou sobe a simbologia do Círio das Crianças.
“Pra mim é muito importante, estou trazendo esse ano a minha segunda neta. A mãe de Jesus o carrega e isso me inspira a trazer a cada ano um neto, peço proteção a todos eles”. Explicou a avó.
Carolina Guedes,35 anos, moradora do bairro Park dos Buritis , levou os filhos Lara e Kayky, de 11 e 14 anos respectivamente, para que eles possam dar continuidade à tradição da família. “Quando a gente trás os nossos filhos, estamos dando continuidade no que os nossos pais nos deram, então é muito importante nós fazermos nossos filhos caminharem juntos com Maria, adorar a nossa mãe, é importante para que eles conheçam a história da mãe de Jesus, o nosso salvador” explicou.

Educação Ambiental no Círio das Crianças – O momento foi de fé, mas também teve espaço para cuidar do meio ambiente. Foi o que fizeram as irmãs gêmeas Sarah e Rebeca Mendonça, de 14 anos e a amiga Carolina Pinheiro, também 14 anos, moradoras do bairro Santa Mônica. As três jovens seguiam em busca dos descartáveis que ficavam pelo caminho para colocarem no seu devido lugar, a lixeira.
“Estamos aqui também para ajudar o meio ambiente e as paróquias, principalmente o trabalho dos garis, pelo fato de ficar muito lixo acumulado durante o percurso, a gente faz isso para o bem de toda a população tucuruiense”. Explicou a ovem Carolina
O Círio Mirim finalizou após a caminhada de mais ou menos 4 km, por volta das 10h30 da manhã com a chegada da imagem na Igreja de Nazaré. A procissão contou com o apoio dos órgãos do Corpo de Bombeiro Civil e Militar, Defesa Civil, SAMU, Polícia Militar e Exercito. A quadra nazarena teve também o apoio da Prefeitura Municipal de Tucuruí, em um convênio firmado, em setembro deste ano, entre o prefeito Artur Brito e os realizadores do Círio do município.

SUBIDA AO GLÓRIA – À noite uma celebração especial reuniu centenas de fiéis na missa de encerramento do Círio de Nazaré. Pe Adauto Araújo presidiu a cerimônia e logo depois conduziu a “Subida ao Glória” da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré, ato que simboliza oficialmente o encerramento do Círio 2019.

Texto: Sandoval Júnio e Benigna Soares.

Fotos: Rauber Soares