Na tarde desta quinta-feira, 30, o projeto “Informar Para Salvar e os Direitos preservar”, chegou a sua 7ª rodada de conversa junto à equipe dos docentes da Escola Municipal Monteiro Lobato, localizada na Vila Permanente.

A Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e Adolescente – DEACA, em Tucuruí, através da Delegada Luiza Moema e sua equipe de trabalho, em parceira com a Secretaria de Assistência Social, através da Secretária Nazidely Pantoja; Secretaria de Educação, por meio do Secretário Roberval Rodrigues; Secretaria de Apoio a Segurança Pública, por intermédio da Secretária Ana Laura Milhomem; CREAS; CRAS; Conselho Tutelar e do Propaz, chegou à escola Monteiro Lobato, proporcionando um círculo de bate-papo através do projeto “Informar para Salvar e os Direitos Preservar”, voltado a levar conhecimento aos profissionais que atuam na área de educação infanto-juvenil, objetivando o combate ao abuso sexual.

Professores, orientadores, coordenadores e a diretora da Escola Monteiro Lobato receberam as informações necessárias para identificar crianças que estejam passando por vulnerabilidade, sendo uma forma de tornar a apuração e punibilidade dos crimes mais viável, e garantir que a dignidade sexual das crianças e adolescentes seja preservada.

Na oportunidade, foram entregues materiais impressos a equipe docente, sendo aberta a oportunidade para perguntas e troca de experiências. Graças ao sucesso do projeto na área educacional, “Informar para Salvar e os Direitos Preservar” será estendido aos profissionais que atuam no setor de saúde do município.

Durante o desenvolvimento do projeto, 156 profissionais da educação foram envolvidos e capacitados, tendo um alcance direto de cerca de 5.500 alunos da educação infanto-juvenil.

Foram 10 escolas e 3 creches visitadas pela equipe multidisciplinar, o projeto propiciou ainda, duas palestras voltadas a 100 pessoas das comunidades de Tucuruí.