Ação é  uma estratégia para mobilizar sociedade e o governo municipal para garantir os direitos das gestantes, mães e seus filhos.

Começou nesta terça-feira (22) a quarta edição da Semana do Bebê em Tucuruí, iniciativa apoiada pelo UNICEF. A abertura oficial aconteceu nesta manhã no auditório da Associação Comercial e Industrial de Tucuruí. Até o próximo sábado (26), a Semana do Bebê reunirá esforços do governo municipal e da sociedade em torno da garantia dos direitos das gestantes, mães e seus filhos.

Serão realizadas diversas oficinas, cursos, palestras e atividades artísticas e culturais. A ação é uma realização da Prefeitura de Tucuruí, por meio das Secretarias de Assistência Ação Social e de Educação, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), por meio da Fundação Abrinq, além do apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e Fundação Propaz.

Famílias da cidade participaram da abertura da Semana do Bebê

O prefeito Arthur Brito, durante a abertura falou que a Semana do Bebê é uma etapa importante para a conscientização e para que Tucuruí seja reconhecido como um município que cuida e se preocupa com o futuro e bem estar de suas crianças. “A Semana do Bebê é uma iniciativa apoiada pelo UNICEF que vem contribuindo para a garantia do direito de cada bebê a sobreviver e se desenvolver, aprender, brincar, conviver com sua família e comunidade, crescer sem violência e ser protegido do HIV/aids e de outras doenças”, explica o prefeito.

Programação encerra no dia 26 com concentração na praça do Santa Mônica

De acordo com Sônia Cassiano, articuladora municipal do Selo UNICEF – Edição 2017-2020, a ação é  uma estratégia de mobilização social que tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até 6 anos prioridade na agenda dos municípios brasileiros.

A importância da atenção à primeira infância – Os seis primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento integral de meninas e meninos. Nessa fase da vida, a criança desenvolve grande parte do potencial cognitivo que terá quando adulto. Por isso, representa uma janela de oportunidades. A atenção integral nessa faixa etária tem impacto decisivo nos processos de aprendizagem e de construção de relações sociais, fatores que influenciarão a vida afetiva, profissional e social. “Por isso, o UNICEF dá prioridade às ações que garantam o direito de cada criança brasileira a sobreviver e se desenvolver, apoiando o desenvolvimento de novas tecnologias sociais, identificando e disseminando boas práticas como a Semana do Bebê. Dessa forma, pretende estimular a implementação de planos, programas e projetos voltados para a atenção a crianças de até 6 anos de idade”, observa Cassiano.

A programação encerra no dia 26 com concentração na praça do Santa Mônica, onde acontece uma celebração ecumênica e um “Mamaço” para conscientizar as mães sobre a importância da amamentação.

SELO UNICEF

O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular os municípios a implementar políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Durante cada edição do Selo, o UNICEF capacita gestores e técnicos das secretarias municipais e conselheiros de direitos e adolescentes para qualificar a elaboração e execução das políticas públicas e para estimular que elas continuem mesmo após o fim de cada edição.

São certificados os municípios que alcançam as pontuações mínimas tanto no eixo das Ações Estratégicas quanto no eixo dos Indicadores de Impacto Social, conforme estabelecido na Metodologia do UNICEF.

Os municípios certificados pelo Selo UNICEF passam a fazer parte de um grupo de municípios reconhecidos internacionalmente por seus avanços em favor da infância e adolescência.

Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Tucuruí