Na cidade e no campo, foi dia de vacinar e se prevenir contra a gripe H1N1.

Hoje, dia 12 de maio, foi realizado o dia D da mobilização nacional contra a Gripe Influenza e todas as Unidades de Saúde do município estiveram abertas e os profissionais de saúde receberam a população durante todo o dia para que fosse feita a imunização.

Na cidade e no campo, foi dia de vacinar e se prevenir contra a gripe H1N1. Desde 23 de abril, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Influenza está sendo realizada como estratégia do Ministério da Saúde para diminuir o impacto da gripe em todo o país.

A Prefeitura de Tucuruí, por meio da Coordenação de Imunização, ligada à Secretaria de Saúde, começou e imunização dos grupos prioritários no dia 23 de abril e a vacinação acontece até o dia 1 de junho.

A coordenadora de Imunização, Genislane Ferreira, explica que a campanha ocorre anualmente, sendo um dos meios de prevenir a doença causada pelo vírus influenza e suas complicações. “A vacinação é importante por apresentar um impacto indireto na diminuição das internações hospitalares, da mortalidade evitável e dos gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias”, explica a coordenadora.

Conforme o Ministério da Saúde, em 2018, a meta é vacinar 90% de cada um dos grupos prioritários. Em 2017 a Prefeitura de Tucuruí atingiu todas as metas preconizadas pelo Ministério da Saúde.

Prioridade

Além de indivíduos com 60 anos ou mais, serão vacinadas crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, indígenas, grupo portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, além de detentos e os funcionários do sistema prisional. “Agora a secretaria aguarda a recomendação do MS para a liberação da vacina para a população que não está inserida nos grupos prioritários”, lembra Genislane Ferreira.

Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Tucuruí