A comitiva de Tucuruí, comandada pelo prefeito Artur Brito, participou em Brasília de uma reunião na Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) para buscar ações emergências para a retomada das atividades no aeroporto de Tucuruí.

A reunião foi coordenada pelo Secretário Nacional de Aviação Civil (SAC/MINFRA), Ronei Saggioro Glanzmann, contando com a presença do deputado federal do Pará, Olival Marques (DEM); Carlos Eduardo Resende Prado (Chefe de Gabinete do SAC); Guilherme Afonso (Coordenador Geral de Investimentos em Infraestrutura – SAC), Evelen Loíse (Coordenadora da AMAT/Carajás), e dos secretários Hernandes Vaz (Planejamento e Desenvolvimento Econômico) e Diego Bustamante (Obras, Urbanismo e Habitação).

Artur Brito sensibilizou o secretário para que aconteça a retomada das atividades do aeroporto de Tucuruí, importantíssimo para o desenvolvimento econômico e social da região. “O retorno das atividades no aeroporto vem de encontro ao desenvolvimento de toda a nossa região, além de encurtar distâncias e possibilitar que situações emergências e remoções de pacientes, possam ser solucionadas”, defende o prefeito.

O Secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro, esclarece que mesmo o país atravessando dificuldade econômicas, vai celebrar convênio com a Prefeitura de Tucuruí, para que na próxima etapa de concessões, seja feita a instalação da Estação Meteorológica de Observação de Superfície Automática – EMSA, equipamento que vai substituir o atual serviço que vem sendo prestado pela equipe da INFRAERO.

Ronei Saggioro anunciou ainda que até o mês de janeiro de 2020, será realizada a revitalização e implantação do sistema de balizamento para vôos noturnos e orientação para vôos diurnos, implantação do farol para orientação aérea, instalação do PAPI (Indicador de Precisão da Trajetória de Aproximação), que é um auxílio visual que fornece informações de orientação para ajudar os pilotos a adquirir e manter a aproximação correta (em um plano vertical), além da revitalização e manutenção do equipamento Biruta para orientação aérea.

Durante a reunião a equipe da Secretaria Nacional da Aviação Civil sugeriu ao prefeito Artur Brito, que sejam feitos os estudos necessários para que o aeroporto de Tucuruí entre nos moldes de outras localidades brasileiras, onde a administração passa a ser realizada por empresa especializada, fato que já vem ocorrendo em mais de 90% dos aeroportos do interior do país, sendo uma medida muito mais funcional e que atende as normativas da ANAC.